Fotógrafa-Bióloga-Artista é um pouco do que define Eliza Carneiro.

Graduada em Biologia e mestre em Zoologia, desde 2010 passou a dedicar-se a uma paixão de infância, a Fotografia, que desenvolveu de maneira autodidata desde meados de 2003. Lecionou fotografia básica durante três anos e meio em uma escola de artes, promoveu algumas oficinas fotográficas como “Pinhole” e ainda hoje realiza a oficina “Despertando Olhares – na paisagem urbana e na natureza”, bem como saídas fotográficas em meio à Natureza.

O ramo majoritário de especialização fotográfica tem sido os ligados a biodiversidade e conservação. Dedica-se também à fotografia de arquitetura, alimentos, joias e reprodução de acervo artístico. Colaborou com a Revista Terra da Gente e atualmente colabora com a National Geographic Brasil Online. Possui imagens ilustrando dois livros relacionados à biodiversidade (Serra do Itapeti – aspectos Históricos, Sociais e Naturalísticos, 2012 e Formigas do Alto Tietê, 2015).

A maneira como registra sua investigação pela vida não é através de folhas de papel e lápis. Mas com uma câmera fotográfica, onde ‘escreve’ sua história através da natureza das árvores, dos pássaros, das paisagens, das águas, das flores e dos céus, expressando sua paixão e entusiasmo pela Vida, tracejados de poesia e sensibilidade. Utiliza seu trabalho para o despertar do olhar humano pela Natureza do planeta, de modo que perceba, sinta e saiba que é parte integrada ao todo, visualizando isso através de outra perspectiva.

NO INSTAGRAM